Clube da Leitura Notre Dame oportuniza que educandos interajam com escritores
12 de maio de 2021 Notícias

Agatha Christie e Stephen King: expoentes dos romances policiais e de terror, tais autores estão entre aqueles cuja produção artística já foi esmiuçada por Marcia Kupstas. Afinal, como ela revelou aos integrantes do Clube da Leitura Notre Dame, quando aprecia uma obra, busca os demais enredos imaginados pelo seu escritor, imergindo profundamente no seu universo narrativo. “Eu sou uma leitora tão voraz que não leio livros. Leio autores. Quando eu gosto de um autor, eu leio tudo dele”, esclareceu, oportunizando que estudantes do 8º e do 9º Ano do Ensino Fundamental compreendessem o que inspira e motiva a sua prolífica produção literária.

Matriculados nas diferentes instituições de ensino que compõem a Rede de Educação Notre Dame, os brasilienses, cariocas, gaúchos e paulistanos reuniram-se virtualmente com aquela que já foi congratulada com a mais importante honraria da literatura brasileira – o Prêmio Jabuti, graças à iniciativa das bibliotecas escolares que, visando estreitar os laços entre os adolescentes e a leitura, convida-os a aventurarem-se por novos estilos e gêneros literários, além de oportunizar que compartilhem as impressões suscitadas pelos mais diversos títulos e aproximem-se de quem os assina.

Por isso, foi após terem imergido nos contos reunidos em “Tem que ser hoje!” que os inscritos no Clube conheceram a preferência de Marcia pelas histórias de suspense e terror. “Eu até me aventurei a escrever algumas”, comentou a escritora que, apesar de ter desafiado a si mesma a produzir romances adultos, se dedica prioritariamente aos enredos voltados ao público infantojuvenil. “A minha parte, na literatura, é oferecer um espelho para o jovem”, frisou.

“Eu sempre busquei fazer uma literatura séria. Séria no sentido de criar personagens que tivessem verdade”, prosseguiu Kupstas, salientando que, até quando o leitor encontra motivos para detestar um deles, as narrativas estão cumprindo com a sua função. “Elas permitem que o adolescente reforce os seus próprios valores. Elas podem vaciná-lo contra os maus exemplos”, exaltou.

Com mais de 30 anos de carreira e considerada uma referência no mercado literário nacional, a autora foi a primeira a ter um livro recomendado aos estudantes que, espontaneamente, integram o Clube da Leitura Notre Dame.

A indicação da coletânea publicada originalmente em 2008, como esclarece a bibliotecária da Escola Notre Dame Menino Jesus, Mônica Lubian Tomazoni, obedeceu a critérios que objetivavam tornar ainda mais rica a experiência leitora dos educandos. “Na escolha da obra “Tem que ser hoje!”, levamos em consideração o fato de ser um livro repleto de contos – gênero do qual eles gostam bastante. Além disso, ela aborda diferentes assuntos pertinentes à adolescência, como a timidez, a família, os amigos e o primeiro beijo”, justifica, salientando que as leituras sugeridas mensalmente aos estudantes também priorizam títulos disponíveis na plataforma digital Árvore.

Ainda de acordo com Mônica, a opção por um entre os mais de cem livros de autoria de Marcia Kupstas se mostrou certeira. “A partir do encontro com a escritora, percebi que os leitores tiveram um ótimo envolvimento com a obra. Eles falaram que gostaram muito das narrativas, demonstraram gostar das temáticas nelas abordadas, fizeram perguntas específicas sobre determinados contos e elogiaram a sua criatividade”, descreve satisfeita.

“Também chamou a minha atenção o fato de uma educanda ter afirmado que, se não fosse pelo Clube, sequer teria conhecido a coletânea”, conta a bibliotecária, também lembrando de um estudante que revelou sentir-se impelido a procurar por outros títulos da autora.

Tais relatos demonstram como a iniciativa escolar, mesmo tão incipiente, cumpre com o seu principal propósito. “A partir do Clube, espera-se que os alunos tenham uma maior interação com a leitura, intensificando esse hábito que é tão importante para o seu desenvolvimento pessoal e acadêmico”, elucida a coordenadora da Rede de Bibliotecas Notre Dame, Marciéli Oliveira da Silveira, entafizando a expectativa de que, graças às obras indicadas aos adolescentes, eles se tornem mais curiosos acerca de novos enredos.

Rosana Rios será a próxima escritora a reunir-se com os estudantes:

Autora de “Heróis e suas Jornadas”, obra na qual estão reunidas narrativas míticas que se passam nos diferentes continentes, Rosana Rios participará do próximo encontro do Clube da Leitura Notre Dame – agendado para 31 de maio, às 14h30min.

Inscreva-se, preenchendo este formulário, e dialogue com ela acerca da vasta pesquisa empreendida para dar origem ao livro.