Conferência propõe reflexão sobre as escolhas que dão sentido à vida, durante o IV Congresso Nacional de Educação Notre Dame
7 de setembro de 2018 Congresso de Professores, Notícias

Conferência (89) (Copy)Uma reflexão acerca da importância das escolhas feitas no dia a dia, especialmente, no que tange o cuidado consigo mesmo e com aqueles ao seu entorno – inclusive, os estudantes -, foi proposta aos participantes do IV Congresso Nacional de Educação Notre Dame, nesta manhã.

Ao compartilhar suas experiências pessoais e profissionais, a médica geriatra e especialista em Cuidados Paliativos, Ana Claudia Arantes, incentivou os educadores a cultivarem relações saudáveis, marcando a vida das pessoas com quem convivem, por meio do exemplo. “Quantas pessoas inspiramos pela demonstração de que amamos quem somos e o que fazemos?”, questionou.

Conferência (116) (Copy)Segundo ela, por serem responsáveis por aqueles que os cercam – mesmo sem se dar conta -, os indivíduos podem aliviar o sofrimento do outro e contribuir para a sua felicidade. Por isso, é importante que os educadores ensinem às crianças e jovens a terem compaixão – ou seja, a fazer algo por quem está sofrendo.

Fazendo referência ao livro de sua autoria “A morte é um dia que vale a pena viver”, Ana Claudia evidenciou, ainda, que a grande questão envolvendo a morte é, de fato, a vida e como ela é conduzida. “Você vive para que? Qual é o seu propósito? Onde você quer chegar? Você morreria pela vida que você tem? Precisamos encontrar a vida pela qual vale a pena morrer. O dia de nossa morte é um dia de doação. Então, será que não seria esse o caminho da vida: se doar por inteiro, transformando a vida das pessoas para melhor? ”, ressaltou.

Nesse contexto, o papel do professor como agente de transformação também foi salientado pela conferencista. “Vocês, como educadores, podem incentivar os estudantes a encontrar, nos desafios que surgem, possibilidades. Podem auxiliá-los a definir seus propósitos de vida e motivá-los a percorrer esse caminho, a não esperar inertes que as coisas cheguem até eles, valorizando suas Espiritualidade (78) (Copy)conquistas e acertos”, enalteceu.

A temática apresentada pela convidada, foi introduzida, antes da conferência, durante um momento de espiritualidade, no qual os participantes foram estimulados a refletir sobre o sentido da vida, a forma como estão aproveitando o seu tempo e a sua capacidade de transformação no mundo.